Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Pedida pena capital para Hosni Mubarak

O procurador do julgamento de Hosni Mubarak pediu esta quinta-feira a pena capital para o antigo presidente egípcio, acusado de envolvimento na morte de manifestantes durante a revolta popular no Egito.
5 de Janeiro de 2012 às 13:51
Procurador, que está a apresentar as suas alegações desde terça-feira, considerou na quarta-feira que existem provas sólidas do envolvimento do ex-presidente egípcio na morte de manifestantes durante a revolta popular de 2011
Procurador, que está a apresentar as suas alegações desde terça-feira, considerou na quarta-feira que existem provas sólidas do envolvimento do ex-presidente egípcio na morte de manifestantes durante a revolta popular de 2011 FOTO: EPA

"A lei prevê a pena de morte para o homicídio premeditado", declarou o procurador Mustafa Souleimane no final da apresentação das alegações, esta quinta-feira realizada no tribunal do Cairo, onde está a ser julgado o ex-governante. 

O procurador, que está a apresentar as suas alegações desde terça-feira, considerou na quarta-feira que existem provas sólidas do envolvimento do ex-presidente egípcio na morte de manifestantes durante a revolta popular de 2011.  

"A acusação confirmou que Mubarak, Adli [antigo ministro do Interior] e seis altos responsáveis pela segurança ajudaram e incitaram aos disparos" contra a multidão que se manifestava a exigir o fim do regime, declarou o procurador, citado pela agência oficial Mena.  

Mustafa Souleimane denunciou ainda na mesma ocasião a falta de cooperação das autoridades com a acusação.  

mubarak egipto pena capital prisão cairo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)