Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Pedofilia marca visita de Bento XVI

Bento XVI iniciou ontem, em Berlim, uma visita de quatro dias à sua Alemanha natal marcada desde o início por protestos contra a pedofilia na Igreja. Antecipando isso, o Papa disse compreender que "as pessoas fiquem escandalizadas" e deixou claro que a pederastia "é um crime".
23 de Setembro de 2011 às 01:00
A chanceler Angela Merkel e o presidente Christian Wulff receberam o Papa Bento XVI
A chanceler Angela Merkel e o presidente Christian Wulff receberam o Papa Bento XVI FOTO: Kay Nietfeld/Epa

 

"A Igreja é uma rede do Senhor que apanha bom e mau peixe", afirmou, usando a imagem evangélica do Jesus pescador. "Temos de aprender a viver com os escândalos e a trabalhar contra eles a partir do interior da grande rede da Igreja", concluiu, apelando aos católicos para que não abandonem a fé devido à revolta com os pedófilos. A referência à pedofilia e o apelo à resistência dos fiéis são justificados pelas estatísticas, segundo as quais 181 mil católicos alemães deixaram a Igreja em 2010, em boa parte devido aos abusos sexuais protagonizados por sacerdotes. Acresce que a Igreja Católica alemã recebeu cerca de 600 pedidos de indemnização de vítimas de abusos sexuais.

Esta polémica alimentou os protestos, que reuniram milhares de pessoas frente ao Bundestag (Parlamento), no momento em que no interior discursava Bento XVI.

Entretanto, no interior, 100 deputados da esquerda boicotaram a sessão, considerando a presença do Papa uma violação da separação da Igreja e do Estado. Após o discurso, o Papa reuniu--se, ainda no Reichstag (edifício do Parlamento), com dirigentes judaicos, ante os quais condenou o nazismo. Hitler era "um ídolo pagão" que queria substituir Deus, afirmou, concluindo, em alusão ao Holocausto: "Quando não se respeita Deus, perde-se também o respeito pela dignidade do Homem."

 

ALEMANHA BENTO XVI PEDOFILIA VISITA HITLER
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)