Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Pedófilo que abusou de mais de 200 crianças morto à facada na prisão

Fingiu ser fotógrafo e professor de inglês nas áreas mais probres de Kuala Lumpur, capital da Malásia, para se aproveitar e atacar crianças.
Correio da Manhã 14 de Outubro de 2019 às 18:19
Pedófilo que abusou de mais de 200 crianças morto à facada na prisão
Pedófilo que abusou de mais de 200 crianças morto à facada na prisão FOTO: Direitos Reservados
Um pedófilo britânico acusado de abusar de mais de 200 crianças ao longo de oito anos foi morto à facada numa prisão de Inglaterra.

Richard Huckle, de 33 anos, foi encontrado morto na sua cela, na prisão de alta segurança de Full Suton, em North Yorkshire, com sinais de esfaqueamento, segundo a BBC. A morte está agora a ser investigada pela polícia de Humberside e o serviço penitenciário.

O pedófilo declarou-se culpado de 71 crimes envolvendo 22 crianças na Malásia. Fingiu ser fotógrafo, professor de inglês e filantropo nas áreas mais probres de Kuala Lumpur, capital da Malásia, para se aproveitar e atacar crianças.

Richard Huckle terá partilhado fotografias e vídeos das violações com outros pedófilos na dark web. O criminoso terá ainda criado um manual online para pedófilos, um guia para 'amantes de crianças'.
Inglaterra Richard Huckle Malásia crime lei e justiça crime prisão lei internacional
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)