Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Pedófilos obrigados a castração química para obterem liberdade condicional

Agressores sexuais no Alabama têm de se sujeitar aos tratamentos até que o tribunal considere necessário.
11 de Junho de 2019 às 16:22
Governadora do Alabama Kay Ivey
Governadora do Alabama Kay Ivey FOTO: Reuters

Os pedófilos no estado do Alabama, nos Estados Unidos, vão ser obrigados à castração química caso queiram sair em liberdade condicional. A lei foi ratificada esta segunda-feira pela governadora daquele estado, Kay Ivey, e aplica-se a pedófilos cujas vítimas tenham menos de 13 anos.

Os criminosos têm de começar o processo pelo menos um mês antes da libertação e tem de continuar até o tribunal determinar que "já não é necessário".

Os medicamentos - comprimidos ou injeções - que inibem a produção de testosterona, diminuindo a libido, serão administrados pelo departamento de saúde pública do Estado e o pagamento dos mesmos terá de ser suportado pelos condenados.

"A nova legislação é um passo em frente para proteger as crianças no Alabama", garantiu a governadora.

Ambas as câmaras do Congresso do Alabama aprovaram a nova medido o passado mês, tendo sido apresentada pelo congressista republicano Steve Hurst.

    A castração química é um processo que pode ser revertidp caso o paciente pare de se sujeitar aos tratamentos. 
    Alabama Steve Hurst Estados Unidos Estado Kay Ivey Congresso do Alabama política
    Ver comentários
    Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)