Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Pelo menos 22 mortos em naufrágio

Incidente com barco ocorreu nas águas ao largo da ilha de Java.
28 de Setembro de 2013 às 08:35
Mulheres choram morte de familiares no naufrágio
Mulheres choram morte de familiares no naufrágio FOTO: REUTERS/Stringer

Pelo menos 22 pessoas morreram, 33 continuam desaparecidas e 25 sobreviveram ao naufrágio de um barco nas águas ao largo da ilha indonésia de Java, com o qual tentavam alcançar a costa australiana para pedir asilo.

Quatro crianças encontram-se entre as vítimas mortais do acidente que ocorreu, na sexta-feira, a sul da ilha de Java, onde as operações de busca e salvamento eram dificultadas, às primeiras horas deste sábado, pelo estado do mar, de acordo com a rádio australiana ABC.

A bordo da embarcação seguiam cerca de 80 imigrantes ilegais oriundos do Líbano, Iraque e Paquistão, segundo dados das autoridades indonésias, apesar de a imprensa local dar conta de 120 passageiros.

"Para se salvarem, os sobreviventes nadaram até à costa de Agrabinta, a cerca de 200 metros de distância de onde naufragou a embarcação", explicou Haris Bahtiar, das autoridades locais, citado pela agência de notícias da Indonésia.

O naufrágio aconteceu um dia depois de uma outra embarcação, com 44 pessoas a bordo, ter sido resgatada pelas autoridades marítimas australianas.

Entre janeiro e agosto, um total de 218 embarcações com 15.182 refugiados a bordo, a maioria imigrantes do Afeganistão, Bangladesh, Iraque, Irão e Sri Lanka, tentaram entrar ilegalmente, por via marítima, na Austrália para pedir asilo, o que provocou um debate no país sobre as políticas a adotar para responder aos crescentes fluxos migratórios.

Indonésia mortos naufrágio barco ilha de Java desaparecidos
Ver comentários