Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Pelo menos seis mortos durante protesto contra juiz do processo da explosão no porto de Beirute

Manifestantes são membros do poderoso grupo Hezbollah.
Lusa 14 de Outubro de 2021 às 10:22
Protestos contra Tarek Bitar, juiz que lidera o caso da explosão no porto de Beirut
Protestos contra Tarek Bitar, juiz que lidera o caso da explosão no porto de Beirut FOTO: REUTERS/Mohamed Azakir

Seis pessoas foram, esta quinta-feira, mortas e 20 ficaram feridas durante uma manifestação organizada pelos movimentos xiitas Hezbollah e Amal para exigir a demissão do juiz encarregado de investigar a explosão no porto de Beirute, segundo fontes médicas.

Um homem foi morto com um tiro na cabeça, um segundo foi alvejado no peito e uma mulher, de 24 anos, foi morta por uma bala perdida enquanto estava em sua casa, disse a diretora do serviço de urgências do Hospital Sahel, em Beirute, Mariam Hassan, citada pela agência de notícias francesa AFP.

De acordo com a agência oficial de notícias do Líbano (ANI) uma quarta pessoa morreu no hospital Rassoul al-Aazam, também nos subúrbios da capital libanesa, na sequência do tiroteio registado durante a manifestação.

Beirut distúrbios guerras e conflitos agitação civil
Ver comentários