Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Peres abandona trabalhistas para apoiar Sharon

O histórico político israelita Shimon Peres vai anunciar na próxima quarta-feira a saída do Partido Trabalhista para apoiar o ainda primeiro-ministro Ariel Sharon que recentemente abandonou o Partido Likud para formar uma nova formação política.
29 de Novembro de 2005 às 20:21
"Peres vai deixar o Partido Trabalhista e juntar-se ao Governo de Sharon para lidar com (o desenvolvimento da) Galileia e do Negev", explicou Lior Horev, assessor de Sharon.
Aos 82 anos, o Prémio Nobel da Paz de 1994 deverá afastar-se, assim, do partido que ajudou a fundar, aliando-se a Sharon, seu velho rival, que na semana passada abandonou o Likud, o maior partido da direita israelita, de que tinha sido igualmente um dos fundadores, em 1973.
O novo partido, baptizado de Kadima (Em Frente), de tendência centrista, encabeça já as preferências dos israelitas para as próximas legislativas, agendadas para 28 de Março do próximo ano.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)