Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Perú declara estado de emergência devido ao Zika

Confirmados 102 casos de pessoas infetadas com o vírus.
13 de Julho de 2016 às 23:32
Existem cada vez mais indícios que permitem concluir que o vírus Zika pode também ser transmitido sexualmente
Existem cada vez mais indícios que permitem concluir que o vírus Zika pode também ser transmitido sexualmente FOTO: Mariana Bazo/Reuters
As autoridades do Perú declararam esta quarta-feira estado de emergência, no norte do país, depois de serem confirmados 102 casos de pessoas infetadas com o vírus Zika.

O período de emergência foi anunciado pelo El Peruano, que assegurou que o Ministério da Saúde e as autoridades locais estão a trabalhar para prevenir a transmissão da doença, que é transportada, maioritariamente, por mosquitos.

Os casos detetados incluem, até agora, 34 mulheres grávidas. O vírus Zika pode causar microcefalia nos bebés, um defeito de nascença normalmente raro, que se manifesta por um crânio e cérebro anormalmente pequenos e por possíveis danos neurológicos.

Um surto de Zika, no Brasil, onde cerca de 1600 bebés nasceram com este defeito, suscitou preocupações com a saúde dos atletas e visitantes no Rio de Janeiro, para os Jogos Olímpicos, no próximo mês.

Existem cada vez mais indícios que permitem concluir que o vírus Zika pode também ser transmitido sexualmente.

Em adultos e crianças é, normalmente, associado a sintomas de gripe moderados e irritações cutâneas. Por outro lado, este vírus é associado a problemas neurológicos, potencialmente fatais, como o síndroma de Guillain-Barre.
Perú El Peruano saúde doenças Zika
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)