Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

PINOCHET ABANDONA SENADO

O antigo ditador chileno Augusto Pinochet apresentou demissão formal do cargo de senador vitalício, alegando ter assim decidido “pelo bem do país”.
5 de Julho de 2002 às 12:51
O antigo ditador Augusto Pinochet
O antigo ditador Augusto Pinochet
O cargo de senador permitia a Pinochet gozar de imunidade judicial no Chile, principalmente face ao movimento de acusação pelos crimes cometidos durante a sua ditadura. Esta semana, o Tribunal Supremo chileno deliberou que o ex-ditador está mentalmente inapto para ser julgado.

A deliberação motivou uma intenção de instauração de um outro processo contra Pinochet, relacionando a sua alegada incapacidade com o facto de ser senador do país. Pinochet não quis travar esta batalha e demitiu-se do Senado, enviando uma carta ao presidente daquele órgão, Andrés Zaldívar, por intermédio do cardeal Francisco Javier Errázuriz Ossa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)