Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Plano britânico sem "foco particular" em Portugal

O plano de contingência do Governo britânico para os nacionais que vivam na Zona Euro não tem qualquer "foco particular" em Portugal e Espanha, disse este domingo à Lusa fonte oficial do ministério dos Negócios Estrangeiros britânico.
18 de Dezembro de 2011 às 18:58
Notícia diz que britânicos que vivem em Espanha e em Portugal "podem ter ajuda do Governo para deixarem os países se a "crise na Zona Euro arrastar os seus bancos"
Notícia diz que britânicos que vivem em Espanha e em Portugal 'podem ter ajuda do Governo para deixarem os países se a 'crise na Zona Euro arrastar os seus bancos' FOTO: d.r.

"Não há qualquer intenção do nosso plano de contingência se focar particularmente em Espanha e Portugal", afirmou à agência Lusa fonte oficial do MNE britânico, depois de os jornais ‘Sunday Times’ e ‘The Daily Telegraph’ terem noticiado que havia um plano específico para retirar os seus cidadãos dos dois países. 

No entanto, "temos planos de contingência para qualquer tipo de situação na Zona Euro", acrescentou a mesma fonte, que sublinhou que a notícia divulgada pelo ‘Sunday Times’ "não é precisa".  

De acordo com a mesma fonte, "a história do ‘Sunday Times’ veio de uma pessoa que não é fonte oficial do Governo [britânico]".   

"Crise na Zona Euro: Relações Exteriores tem plano de retirada de expatriados" é a manchete do jornal ‘The Daily Telegraph’, que afirma que os britânicos que vivem em Espanha e em Portugal "podem ter ajuda do Governo para deixarem os países se a "crise na Zona Euro arrastar os seus bancos" e eles deixarem de "ter acesso às suas contas bancárias".  

Segundo o jornal, vivem em Espanha cerca de um milhão de britânicos e 55 mil em Portugal.  

Ao jornal ‘Sunday Times’, o Ministério das Finanças confirmou os planos, mas recusou-se a dar mais detalhes.   

reino unido plano contigência bancos banca portugal espanha
Ver comentários