Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Plantações com quase 6,5 toneladas de canábis destruídas pela PJ em Cabo Verde

Operação permitiu o "desmantelamento de várias produções" de canábis em "diversas localidades do interior" daquela ilha.
Lusa 16 de Novembro de 2020 às 14:26
Canábis
Canábis FOTO: Getty Images
Uma operação da Polícia Judiciária (PJ) cabo-verdiana, a terceira do género de combate ao tráfico interno de estupefacientes em duas semanas, permitiu desmantelar e destruir quase 6,5 toneladas de canábis em vários locais da ilha de Santiago.

Em comunicado divulgado esta segunda-feira, a PJ refere que a operação, realizada na sexta-feira, 13 de novembro, foi coordenada pela Secção Central de Investigação de Tráfico de Estupefacientes e envolveu 107 operacionais no terreno, incluindo elementos das Forças Armadas.

Permitiu o "desmantelamento de várias produções" de canábis em "diversas localidades do interior" daquela ilha, prossegue o comunicado.

A operação resultou na apreensão de 6.479 quilogramas de canábis, que foram incinerados no local, por "ordem do Ministério Público", acrescentou a PJ, sem adiantar informação sobre eventuais detenções.

Uma operação idêntica realizada também no interior de Santiago em 30 de outubro já tinha levado à apreensão e destruição de 11.728 quilogramas de canábis. Outra ação do género, realizada em 03 de novembro e envolvendo também uma centena de militares, levou à apreensão e incineração de 4.134,5 quilogramas de canábis em várias plantações igualmente em diferentes locais da ilha de Santiago.

PJ Cabo Verde Polícia Judiciária Santiago questões sociais dependência crime tráfico de droga
Ver comentários