Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

PM iraquiano ameaça líder radical xiita

O primeiro-ministro (PM) iraquiano lançou esta segunda-feira uma nova ameaça ao clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr, afirmando que o movimento liderado por este não poderá continuar a participar no processo político se não desmantelar imediatamente a milícia do Exército de Mahdi.
7 de Abril de 2008 às 11:35
O líder radical xiita, Moqtada al-Sadr
O líder radical xiita, Moqtada al-Sadr FOTO: d.r.

'Uma decisão foi tomada... que deixam de ter o direito de participar no processo político ou de candidatar-se nas futuras eleições, a menos que ponham fim às actividades do Exército de Mahdi', declarou Nouri al-Maliki numa entrevista à CNN.   

As milícias do movimento xiita liderado por Moqtada al-Sadr e as forças regulares iraquianas, apoiadas pelo Exército norte-americano, travaram violentos combates entre os dias 25 e 30 de Março nas ruas das principais cidades xiitas iraquianas.   

Em resultado destes confrontos, os piores dos quais ocorreram em Bassorá, uma importante cidade petrolífera situada no sul do Iraque, e no bairro xiita de Sadr City, em Bagdad, perderam a vida mais de 700 pessoas e muitas outras ficaram feridas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)