Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

"Pobre pai que ainda conseguiu tocar nas mãos do Julen", confessou amigo próximo da família

Menino de dois anos está preso num poço em Málaga, Espanha, desde domingo. Pai agradece às autoridades.
16 de Janeiro de 2019 às 11:54
Pais não arredam pé de junto do poço
Poço onde caiu o menino
'Pobre pai que ainda conseguiu tocar nas mãos do Julen', confessou amigo próximo da família
Pais não arredam pé de junto do poço
Poço onde caiu o menino
'Pobre pai que ainda conseguiu tocar nas mãos do Julen', confessou amigo próximo da família
Pais não arredam pé de junto do poço
Poço onde caiu o menino
'Pobre pai que ainda conseguiu tocar nas mãos do Julen', confessou amigo próximo da família
Um amigo próximo de José e Victoria, pais do menino de dois anos que ficou preso num poço em Málaga, Espanha, explicou como aconteceu o incidente e contou que foi o próprio pai que viu Julen cair, mas não conseguiu evitar a queda.

"O menino caiu de pé, com os braços para cima. Foi o pai dele que o viu cair, tentou agarrá-lo, mas não conseguiu fazer nada. O menino deslizou pelo poço. Pobre Jose que ainda conseguiu tocar nas mãos do menino", confessou ao jornal El Español.

O amigo dos pais da criança preferiu não identificar-se, mas revela que os pais de Julen agradecem todo o esforço feito pelas autoridades para encontrar o menino de dois anos.

Recorde-se que a criança está presa no poço desde domingo.

Os pais de Julen têm dormido num carro, junto ao poço.
Málaga Victoria Julen Espanha El Español questões sociais
Ver comentários