Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Polícia americana ajuda jovem suicida através do Facebook

Foi a primeira vez que uma rede social foi usada em Nova Jérsia, EUA, para travar um suicídio.
17 de Novembro de 2013 às 18:20
A ponte George Washington, de onde o adolescente ameaçava suicidar-se
A ponte George Washington, de onde o adolescente ameaçava suicidar-se FOTO: Getty Images

Uma rede social provou ser suficientemente forte para fazer um adolescente de Nova Jérsia, nos EUA, desistir de um possível suicídio, segundo as autoridades locais.

Os agentes da Autoridade Portuária de Nova Iorque e o Departamento da Polícia de Nova Jérsia usaram o Facebook e outros meios para ajudar um adolescente, de 18 anos, que publicou no seu perfil desta rede social três palavras que indicavam a intenção de suicido: "O pensamento de Saltar" - foram as palavras do jovem, publicadas juntamente com uma fotografia da Ponte George Washington, que atravessa o Rio Hudson.

Preocupado, um amigo do adolescente contactou a polícia de Nova Jérsia, alertando para a ameaça de suicídio. Um oficial designado para os serviços de emergência da Autoridade Portuária entrou em contacto com o jovem em risco de suicídio, através do Facebook, deixando o seu número de telefone para que este lhe ligasse. Mas o agente não foi o único a tentar entrar em contacto com o jovem. Um elemento da Autoridade Portuária e vários amigos insistiram para que ele ligasse ao oficial designado pelos serviços de emergência.

E foi o que aconteceu. O adolescente acabou por contactar o oficial e encontraram-se em Nova Jérsia. Depois de conversarem, o rapaz aceitou ser levado para o hospital local para receber ajuda.

Segundo as Autoridades locais, esta foi a primeira vez que uma rede social foi usada para conseguir parar um suicídio, apesar de já serem utilizadas para outros tipos de investigações.

Facebook suicídio Hudson Autoridade Portuária Nova Jérsia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)