Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Polícia britânica evitou 13 alegados atentados desde 2013

Autoridades apelam a denúncias da população para evitar terrorismo.
6 de Março de 2017 às 09:27
A ajuda dos cidadãos à polícia já permitiu anular '13 possíveis ataques'
A ajuda dos cidadãos à polícia já permitiu anular '13 possíveis ataques'
A ajuda dos cidadãos à polícia já permitiu anular '13 possíveis ataques'
A ajuda dos cidadãos à polícia já permitiu anular '13 possíveis ataques'
A ajuda dos cidadãos à polícia já permitiu anular '13 possíveis ataques'
A ajuda dos cidadãos à polícia já permitiu anular '13 possíveis ataques'
A ajuda dos cidadãos à polícia já permitiu anular '13 possíveis ataques'
A ajuda dos cidadãos à polícia já permitiu anular '13 possíveis ataques'
A ajuda dos cidadãos à polícia já permitiu anular '13 possíveis ataques'
Os serviços secretos britânicos evitaram 13 possíveis atentados terroristas desde junho de 2013, disse esta segunda-feira o subcomissário da Polícia Metropolitana de Londres, Mark Rowley.

O subcomissário, responsável pelas operações especiais da Polícia Metropolitana de Londres, acrescentou também que as autoridades investigam cerca de 500 casos relacionados com alegadas atividades terroristas no Reino Unido.

Rowley tornou públicas as informações depois de ter feito um apelo à população no sentido da denúncia de atividades suspeitas, no âmbito da campanha "Luta Contra o Terrorismo".

A ajuda dos cidadãos já permitiu anular "13 possíveis ataques" cujos detalhes não foram divulgados.

Rowley disse também que "muitas vezes" as investigações têm início depois de uma denúncia sobre "atividades suspeitas" ou "mudanças de comportamento" de um determinado indivíduo.

Segundo as forças de segurança britânicas, a maior ameaça é o grupo extremista Daesh, mas também se referiu aos simpatizantes da Al Qaeda e às ameaças dos elementos da extrema-direita.

"Neste momento tudo nos preocupa, desde um simples ataque com uma faca e uso de veículos até ataques mais complexos com armas de fogo", disse Rowley aos meios de comunicação social britânicos.

A campanha policial junto da população inclui uma página na internet com explicações sobre a forma como se anulam os ataques em que podem ser ouvidos depoimentos de detetives e agentes secretos.

No dia 07 de julho de 2005, um atentado contra a rede de transportes de Londres e levado a cabo por quatro terroristas suicidas fez 56 vítimas mortais.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)