Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Polícia chinesa devolve 29 crianças traficadas a compradores

A polícia da província de Shandong, no leste da China, devolveu 29 crianças resgatadas a redes de tráfico de bebés aos compradores por não encontrar os seus pais biológicos.

14 de Junho de 2011 às 18:39
Os pais biológicos não apareceram e uma mãe não quis ficar com o filho a cargo
Os pais biológicos não apareceram e uma mãe não quis ficar com o filho a cargo FOTO: Ricardo Cabral

De acordo com o jornal 'Global Times', as crianças foram recuperadas pela polícia o ano passado quando desmantelou duas redes de tráfico de bebés.

As crianças foram vendidas pelos pais biológicos, em zonas muito pobres do sul e centro da China, aos traficantes, que por sua vez as venderam a famílias de Shandong. 

Segundo o polícia Yang Feng, que participou no resgate das 29 crianças, os pais biológicos não apareceram, com excepção de uma mãe que não quis ficar com o filho a cargo. 

Outro polícia citado pelo jornal, Yin Guangguo, explicou que devolver as crianças aos compradores era a melhor opção, porque muitos dos casais não podem ter filhos e tratam-nos como se fossem seus e a alternativa era deixar as crianças em asilos ou orfanatos.

Segundo Yin, a polícia acordou com os compradores que as crianças serão bem tratadas e devolvidas se os pais biológicos forem localizados. Os traficantes de bebés, quer os que raptam as crianças quer os que as compram aos pais, arriscam a pena de morte na China, mas os pais compradores que não os maltratam e não dificultam o seu resgate podem ficar a salvo. 

Não é a primeira vez que a polícia chinesa devolve crianças aos seus compradores: no ano passado fê-lo com 46 bebés na província de Hebei (centro) e, em 2003, com outros 26 resgatados na província de Yunnan (sul).

China Traficantes crianças Polícia Yang Feng Shandong
Ver comentários