Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Jornalista da BBC espancado pela polícia durante protestos na China contra as restrições da Covid-19

Autoridades afirmam que o jornalista não estava identificado.
Reuters 28 de Novembro de 2022 às 08:57
A carregar o vídeo ...
Jornalista da BBC espancado pela polícia durante protestos contra restrições da Covid-19
Os protestos na China contra as restrições da Covid-19 intensificaram-se este fim-de-semana e um jornalista, da cadeia de televisão britânica BBC, acabou por ser espancado pela polícia, enquanto fazia uma reportagem. 

Segundo a Reuters, o jornalista Ed Lawrence foi detido durante a cobertura dos protestos em Xangai. As autoridades locais afirmam que o homem não se identificou enquanto jornalista. 

"A BBC está extremamente preocupada com o tratamento do nosso jornalista Ed Lawrence, que foi detido e algemado durante a cobertura dos protestos em Xangai", disse um porta-voz do serviço público britânico de radiodifusão num comunicado, citado pela Reuters

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Zhao Lijan, já se pronunciou e garantiu que o relato da BBC não é verdadeiro. 

"De acordo com as autoridades de Xangai, o jornalista em questão não revelou a sua identidade jornalística na altura e não apresentou voluntariamente a sua carteira de jornalista no estrangeiro", afirmou Zhao.

"Quando o incidente aconteceu, os agentes pediram aos cidadãos que que saíssem e quando algumas pessoas não cooperaram, foram levadas para fora do local".

Os repórteres estrangeiros na China são obrigados a ter um cartão emitido pelo governo identificando-se como jornalistas acreditados quando cobrem eventos noticiosos.
China Covid-19 BBC Xangai Zhao economia negócios e finanças media
Ver comentários
C-Studio