Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Polícia detém Tarantini

O empresário Giampaolo Tarantini, o homem que forneceu as mulheres para as orgias do primeiro-ministro, Silvio Berlusconi, foi ontem detido no aeroporto de Bari pela Polícia Fiscal italiana.
19 de Setembro de 2009 às 00:30
Barbara Guerra e Licia Nunez foram contratadas por Tarantini para as festas
Barbara Guerra e Licia Nunez foram contratadas por Tarantini para as festas FOTO: direitos reservados

As autoridades invocaram a suspeita de tráfico de droga e o "risco de fuga" para justificar a detenção, realizada quando Tarantini chegava de Roma.

Recorde-se que o empresário já confessou em tribunal ter organizado pelo menos 18 festas para Berlusconi, para as quais contratou mais de 30 mulheres, entre elas a prostituta Patrizia D’Addario. Foi esta quem desencadeou o escândalo ao afirmar ter sido paga para passar uma noite com o chefe de governo após uma orgia de álcool e drogas.

O jornal ‘L’Espresso’ acusou, entretanto, Berlusconi de ter organizado uma média de uma festa a cada três dias entre Agosto de 2008 e Janeiro deste ano, os meses quentes da crise económica global.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)