Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Polícia francês suicida-se depois do ataque ao Charlie Hebdo

O corpo foi encontrado por um colega.
12 de Janeiro de 2015 às 14:34
Polícia francesa
Polícia francesa FOTO: Reuters

Um polícia francês suicidou-se com a arma de serviço do dia a seguir ao ataque ao jornal satírico Charlie Hebdo.

O comissário, Helric Fredou, de 45 anos, deu um tiro a si próprio no seu gabinete em Limoges. O corpo foi encontrado por um colega.

O polícia estaria a sofrer de uma depressão depois de, em 2013, ter descoberto o corpo de um colega.

Segundo a France 3, Fredou esteve, como todos os colegas, a trabalhar no ataque e terá estado horas antes do massacre, com um familiar de uma das vítimas.

Charlie Hebdo Helric Fredou polícia suicídio frança
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)