Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Polícia Militar hasteia bandeira do Brasil na favela

A polícia hasteou no início da tarde de domingo a bandeira do Brasil no alto do Complexo do Alemão, como sinal de ocupação do conjunto de favelas até agora controladas pelos narcotraficantes. Este acto simbólico aconteceu cinco horas depois de a polícia invadir o complexo do Alemão com 2600 agentes, entre militares e polícias.

28 de Novembro de 2010 às 18:20
Não houve algemas suficientes para todos os suspeitos levados para interrogatório
Conquistado o morro, a Polícia Militar começou a deter suspeitos de serem narcotraficantes
Polícia Militar também deteve mulheres durante a mega-operação
Camuflagens mais habituais em cenários em guerra foram vistos na Zona Norte do Rio de Janeiro
Alguns agentes das forças da lei avançaram de cara tapada para proteger a sua identidade
Mega-operação contou com apoio aéreo para vigiar as movimentações dos traficantes
População civil tratou de abrigar-se para evitar quaisquer eventuais balas perdidas
Coluna de militares teve que subir as ruas inclinadas do Complexo do Alemão
Soldado num blindado com a paisagem típica das favelas cariocas ao fundo
Polícias e soldados começaram a avançar para o topo da favela
Polícia Militar carrega armas apreendidas aos traficantes depois de tomarem o morro
Não houve algemas suficientes para todos os suspeitos levados para interrogatório
Conquistado o morro, a Polícia Militar começou a deter suspeitos de serem narcotraficantes
Polícia Militar também deteve mulheres durante a mega-operação
Camuflagens mais habituais em cenários em guerra foram vistos na Zona Norte do Rio de Janeiro
Alguns agentes das forças da lei avançaram de cara tapada para proteger a sua identidade
Mega-operação contou com apoio aéreo para vigiar as movimentações dos traficantes
População civil tratou de abrigar-se para evitar quaisquer eventuais balas perdidas
Coluna de militares teve que subir as ruas inclinadas do Complexo do Alemão
Soldado num blindado com a paisagem típica das favelas cariocas ao fundo
Polícias e soldados começaram a avançar para o topo da favela
Polícia Militar carrega armas apreendidas aos traficantes depois de tomarem o morro
Não houve algemas suficientes para todos os suspeitos levados para interrogatório
Conquistado o morro, a Polícia Militar começou a deter suspeitos de serem narcotraficantes
Polícia Militar também deteve mulheres durante a mega-operação
Camuflagens mais habituais em cenários em guerra foram vistos na Zona Norte do Rio de Janeiro
Alguns agentes das forças da lei avançaram de cara tapada para proteger a sua identidade
Mega-operação contou com apoio aéreo para vigiar as movimentações dos traficantes
População civil tratou de abrigar-se para evitar quaisquer eventuais balas perdidas
Coluna de militares teve que subir as ruas inclinadas do Complexo do Alemão
Soldado num blindado com a paisagem típica das favelas cariocas ao fundo
Polícias e soldados começaram a avançar para o topo da favela
Polícia Militar carrega armas apreendidas aos traficantes depois de tomarem o morro

As autoridades informaram que as autoridades já controlam a zona e que a população está a colaborar, dando informações.

"Estamos a verificar tudo. O momento é de encontrar esses criminosos. Essas informações que os moradores nos dão estão ajudando muito. Pedimos que eles continuem" a ligar, declarou Mário Duarte comandante geral da Polícia Militar.

 

O coronel Lima Castro, relações públicas da Polícia Militar, disse que há a possibilidade de os traficantes estarem a utilizar a rede de esgoto como esconderijo.

 

O comandante-geral da PM afirmou que as operações policiais no Complexo do Alemão pode levar meses a chegar ao fim. A polícia já terá detido cerca de 500 traficantes, segundo o site de notícias iG.

 

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, agradeceu o empenho dos policiais e militares. Lembrando que têm pela frente o trabalho de "recuperar 30 anos de abandono, populismo e confusão".

policia militar brasil rio de janeiro morro favela complexo do alemão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)