Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
6

Polícia aperta cerco a Lula

Operação visou colaboradores do ex-presidente.
Domingos Grilo Serrinha e correspondente no Brasil 21 de Maio de 2016 às 09:18
Lula da Silva, ex-presidente do Brasil
Lula da Silva, ex-presidente do Brasil FOTO: Paulo Whitaker/Reuters
A polícia brasileira fez ontem uma nova operação para obter provas na investigação contra o ex-presidente Lula da Silva por suspeita de tráfico de influências em favor da Odebrecht.

Os alvos foram residências e escritórios de pessoas próximas do ex-presidente, suspeitas de cumplicidade em operações ilegais, nomeadamente Taiguara Rodrigues dos Santos, sobrinho da primeira mulher de Lula e já citado noutras investigações, que foi levado à força com mandado judicial para depor.

A polícia considera estranho que a pequena empresa de Taiguara em Santos tenha sido contratada pela poderosa Odebrecht para participar nas obras da hidroelétrica de Cambembe, em Angola, um negócio de mais de 500 milhões de dólares, e recebeu 3,5 milhões de dólares, que o Ministério Público acredita sejam luvas.
Lula da Silva Taiguara Rodrigues dos Santos Cambembe Angola Ministério Público Brasil
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)