Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
8

Polícia mata manifestante no Burundi

O jovem morreu após ter sido alvejado pelas costas.
21 de Maio de 2015 às 12:35
Os protestos tiveram início no final de abril e têm sido reprimidos pela polícia
Os protestos tiveram início no final de abril e têm sido reprimidos pela polícia FOTO: EPA
Um manifestante foi morto esta quinta-feira no Burundi por tiros da polícia no bairro de Musaga, Bujumbura, onde as forças da ordem tentam desde quarta-feira controlar manifestações contra o Presidente, Pierre Nkurunziza.

Segundo contaram testemunhas à agência AFP, o jovem morreu após ter sido alvejado pelas costas, tendo o cadáver sido retirado pela Cruz Vermelha, tendo a situação na capital burundiana piorado esta quinta-feira de manhã depois de uma noite relativamente calma, durante a qual se ouviram tiros esporádicos.

De um lado, os manifestantes atiravam pedras e, do outro, a polícia respondia com tiros de metralhadora, segundo testemunhas.

As forças da ordem entraram na quarta-feira à tarde no bairro de Musaga, no sul da capital burundiana, bastião da contestação contra a candidatura de Nkurunziza a um terceiro mandato presidencial, nas eleições de 26 de junho.

A polícia tinha anunciado na véspera a intenção de "repor a ordem", tendo disparado para dispersar pequenos grupos de manifestantes que atiravam pedras.

Os protestos tiveram início no final de abril e têm sido reprimidos pela polícia, tendo sido contabilizados mais de 20 mortos em quatro semanas.
Burundi Cruz Vermelha polícia manifestante morto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)