Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Politkovskaia: Julgamento de presumíveis assassinos

O julgamento dos presumíveis assassinos da jornalista russa Anna Politkovskaia, assassinada em Outubro de 2006 à porta de sua casa, começou esta segunda-feira no Tribunal Militar de Moscovo e foi aberto ao público.
17 de Novembro de 2008 às 15:41
Politkovskaia: Julgamento de presumíveis assassinos
Politkovskaia: Julgamento de presumíveis assassinos FOTO: d.r.

A acusação pedira que o julgamento fosse realizado à porta fechada, pois no processo há documentos secretos, mas o juiz Evgueni Jukov rejeitou o pedido, indo ao encontro do desejo dos advogados de defesa. Julov frisou, no entanto, que “a partir do momento em que existam pressões sobre os jurados o julgamento passará a decorrer à porta fechada”.

No banco dos réus estão quatro presumíveis autores do assassínio que  vitimou a repórter, entre os quais um antigo capitão da Direcção de Combate  ao Banditismo da Rússia e um antigo agente dos serviços de segurança (FSB, ex-KGB).  Entretanto, as autoridades russas emitiram um mandado de captura internacional contra os mandantes do crime, que ainda não teve resultados. Os jurados serão escolhidos amanhã.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)