Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Polónia: Chefe de estação acusado por choque de comboios

O Ministério Público polaco anunciou esta segunda-feira que acusou um chefe de estação por ter "causado involuntariamente a catástrofe ferroviária" de sábado, no sul da Polónia, de que resultaram até agora 16 mortos.
5 de Março de 2012 às 16:45
O choque entre os comboios que faziam as ligações Varsóvia-Cracóvia e Przemysl-Varsóvia, que se encontraram frente a frente na mesma via, ocorreu no sábado em Szczekociny
O choque entre os comboios que faziam as ligações Varsóvia-Cracóvia e Przemysl-Varsóvia, que se encontraram frente a frente na mesma via, ocorreu no sábado em Szczekociny FOTO: Reuters

Um despacho, que cita o porta-voz do procurador regional de Czestochowa, adianta que o chefe de estação está acusado de ter orientado o comboio para a via errada, de que resultou uma colisão frontal com outro comboio.

O chefe de estação pode ser condenado a uma pena de oito anos de prisão.

"Em resultado da catástrofe, 16 pessoas morreram e várias dezenas ficaram feridas", lembrou o porta-voz.

O choque entre os comboios que faziam as ligações Varsóvia-Cracóvia e Przemysl-Varsóvia, que se encontraram frente a frente na mesma via, ocorreu no sábado em Szczekociny, a cerca de 200 quilómetros a sul de Varsóvia, a capital da Polónia.

polónia mp ministério público choque colisão cracóvia varsóvia acidente
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)