Sub-categorias

Notícia

Populares decapitam suspeito de tentar violar menina de quatro anos

Homem foi espancado até à morte no Brasil. Cabeça foi colocada espetada num ferro.
Populares decapitam suspeito de tentar violar menina de quatro anos
Foto Direitos Reservados

Um homem que arrancou uma menina de quatro anos do colo da mãe à saída de uma escola para abusar sexualmente da criança foi espancado até à morte por populares e decapitado na cidade de Porto Seguro, no extremo sul do estado brasileiro da Bahia. O homem, cujo corpo foi encontrado sem cabeça numa zona de mato pela polícia, não tinha com ele qualquer documento de identificação.

Testemunhas dizem que o desconhecido abordou a mãe da menina quando ambas saiam do Colégio Pero Vaz de Caminha, no bairro Paraguai. Segundo a jovem, o homem pediu-lhe para lhe dar a criança, para ele fazer sexo com ela.

Ante a natural recusa da jovem, o desconhecido arrancou a criança do colo e começou a correr em direção a uma zona de mato próxima do colégio, mas não conseguiu ir longe. Um motociclista que passava no momento e que foi alertado pelos gritos desesperados da mãe da criança foi atrás do homem, tirou-lhe a criança e devolveu-a à jovem.

Cercado por várias pessoas, o homem negou a versão da mãe da criança mas começou a ser espancado pela multidão que se formou. Apavorado, fugiu para o mato mas foi perseguido pelos populares. Quando a polícia chegou já não havia nada a fazer.

O corpo, com inúmeras marcas de agressão e de perfurações, foi encontrado no mato nas traseiras do colégio, para onde foi arrastado pelos seus agressores.

A cabeça foi encontrada mais tarde num outro ponto da zona de mato, espetada num ferro. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!