Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Pornografia infantil através de SMS

Numa operação contra a pornografia infantil na internet e telemóveis realizada em 12 Comunidades Autónomas, a polícia espanhola deteve 40 pessoas e apreendeu inúmeros CD, DVD, cartões de memória e discos rígidos.
23 de Novembro de 2007 às 00:00
Mensagens ‘porno’ no telemóvel
Mensagens ‘porno’ no telemóvel FOTO: Paulo Espadanal
Todos os detidos são acusados de corrupção de menores e posse de pornografia infantil. Há ainda outras sete pessoas acusadas dos mesmos crimes. Nenhum deles faz parte de uma rede organizada. Trata-se de grupos de pessoas que, sob anonimato, trocam imagens ou vídeos através de mensagens SMS e MMS.
Os autores contactavam entre si através de canais de diferentes operadores de telemóvel com nomes como ‘sexo infantil’ ou ‘sexo com menores’. Alguns dos detidos iniciaram os seus contactos através de mensagens inseridas em teletextos.
A investigação iniciou-se há um ano após uma denúncia feita em Tudela (Navarra) por um segurança, que recebeu no seu telemóvel um arquivo pornográfico.
Os investigadores analisaram 72 mil mensagens, fizeram buscas a 45 casas e apreenderam mais de uma centena de telemóveis e três mil arquivos pedófilos. A idade das crianças que aparecem nas imagens é inferior a dez anos.
O sucesso desta investigação deveu-se sobretudo à Lei de Conservação de Dados, recentemente aprovada em Espanha, que obriga os operadores de telemóveis a identificar os titulares das linhas pré-pagas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)