Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Portugal sugere discrição

Com a Tunísia a viver dias de grande instabilidade, o Governo português aconselhou ontem cidadãos lusos que se desloquem à Tunísia a evitarem zonas de protesto.

13 de Janeiro de 2011 às 00:30
Pelo menos 23 mortos num mês
Pelo menos 23 mortos num mês FOTO: Epa

"Alerta-se os potenciais viajantes que deverão evitar os locais onde decorrem manifestações, abster-se de participar nas mesmas e não registarem imagens", lê-se num comunicado da Secretaria de Estado das Comunidades.

Os motins começaram há um mês, com confrontos entre polícias e jovens tunisinos descontentes com o aumento do desemprego e do custo de vida. A violência já causou pelo menos 23 mortos, e o ministro do Interior, Rafik B. Kacem, foi demitido.

UE e EUA afirmam-se cada vez mais preocupados com "o uso excessivo de força" por parte das autoridades policiais tunisinas.

TUNÍSIA PORTUGUESES EUA UE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)