Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Português que escapou a fogo em Londres ficou com filho morto ao colo

Márcio e Andreia perderam o bebé a poucos meses do parto.
Francisco J. Gonçalves 3 de Julho de 2017 às 01:30
O casal com as suas duas filhas, Megan e Luana
A família Gomes, a aproveitar um dia de praia
Andreia Perestrelo e Márcio Gomes
Incêndio na torre de Grenfell, em Londres
Incêndio na torre de Grenfell, em Londres, matou 79 pessoas
Incêndio na torre de Grenfell, em Londres
Português finge ser vítima de incêndio no Reino Unido e recebe 59 mil euros
O casal com as suas duas filhas, Megan e Luana
A família Gomes, a aproveitar um dia de praia
Andreia Perestrelo e Márcio Gomes
Incêndio na torre de Grenfell, em Londres
Incêndio na torre de Grenfell, em Londres, matou 79 pessoas
Incêndio na torre de Grenfell, em Londres
Português finge ser vítima de incêndio no Reino Unido e recebe 59 mil euros
O casal com as suas duas filhas, Megan e Luana
A família Gomes, a aproveitar um dia de praia
Andreia Perestrelo e Márcio Gomes
Incêndio na torre de Grenfell, em Londres
Incêndio na torre de Grenfell, em Londres, matou 79 pessoas
Incêndio na torre de Grenfell, em Londres
Português finge ser vítima de incêndio no Reino Unido e recebe 59 mil euros
O português Márcio Gomes, que salvou a mulher e as filhas do fogo que no dia 14 de junho arrasou os 24 pisos da Torre Grenfell, em Londres, contou ontem que segurou nos braços o bebé que a mulher perdeu devido à inalação de fumo durante a fuga.

"Deu à luz naquela noite, quando estava em coma induzido", contou ao ‘Sunday Telegraph’: "Fiquei com ele nos braços. Parecia dormir. Queria ficar com ele, mas já estava morto".

Márcio salvou a mulher, Andreia, e as filhas menores envolvendo-as em toalhas molhadas e fugindo do apartamento onde viviam, no 23º andar do prédio. Tropeçaram em cadáveres ao descer pelas escadas cheias de fumo. Já no hospital, os médicos disseram-lhe que o bebé, que nasceria em dois meses, morrera no útero da mãe. Ainda a viver um drama, viveu outro ao autorizar o parto prematuro para evitar que Andreia morresse com uma infeção. "Foram momentos traumáticos", disse Márcio.
Sunday Telegraph Márcio Gomes Torre Grenfell Londres Andreia questões sociais
Ver comentários