Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Pôs flores no túmulo do papa que tentou matar

Autor de atentado contra João Paulo II fez novo ato de contrição.
27 de Dezembro de 2014 às 21:29
Papa João Paulo II cumprimenta homem que o tentou matar
Papa João Paulo II cumprimenta homem que o tentou matar FOTO: Osservatore Romano/AFP Photo

O homem que tentou assassinar João Paulo II, o turco Mehmet Ali Agca, depositou este sábado flores no túmulo daquele papa, 31 anos depois de ter recebido a visita do antigo líder da igreja católica na prisão.

O mais recente ato de contrição de Agca ocorreu exatamente 31 anos depois de João Paulo II o ter visitado na prisão, em Roma, para o perdoar pelo ataque a tiro, em 1981, que quase provocou a sua morte. Agca, que tinha então 23 anos, alvejou o papa duas vezes, a curta distância, na Praça de São Pedro, com uma bala a atravessar o abdómen e outra a passar junto ao coração.

O turco chegou este sábado inesperadamente a Roma e apresentou-se na polícia declarando a sua intenção de depositar flores no túmulo. "Senti necessidade de fazer este gesto", disse, de acordo com meios de comunicação italianos citados pela agência France-Presse.

flores túmulo papa tentou matar atentado João Paulo II Mehmet Ali Agca
Ver comentários