João Lourenço exonera um dos administradores do Fundo Soberano de Angola

Não são adiantadas as razões da exoneração de Miguel Damião Gago.
Por Lusa|11.02.19
  • partilhe
  • 0
  • +

O Presidente angolano, João Lourenço, decretou esta segunda-feira a exoneração de Miguel Damião Gago do cargo de administrador do Fundo Soberano de Angola, indica um comunicado da Casa Civil do Presidente da República.

No documento não são adiantadas as razões da exoneração de Miguel Damião Gago, nomeado por decreto a 12 de janeiro de 2018, nem o nome de um futuro substituto.

A 11 de janeiro do ano passado, João Lourenço exonerou, "por conveniência de serviço", o então presidente do Fundo Soberano, José Filomeno dos Santos, atualmente em prisão preventiva e filho do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos, caindo, por inerência, os dois administradores executivos de então, Hugo Miguel Évora e o próprio Miguel Damião Gago, que viria a ser reconduzido no cargo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!