Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Prazo do Irão expira hoje

Expira hoje o prazo dado pelo Conselho de Segurança da ONU para o Irão suspender todas as actividades nucleares, uma opção já veementemente rejeitada por Teerão. A imposição de sanções económicas poderá ser o próximo passo, mas primeiro Washington terá de convencer a Rússia e a China.
31 de Agosto de 2006 às 00:00
Não se esperam grandes surpresas do relatório que o director da Agência Internacional de Energia Atómica, Mohamed el-Baradei, irá hoje apresentar ao Conselho de Segurança sobre o cumprimento pelo Irão do ultimato.
O presidente Mahmoud Ahmadinejad ainda na terça-feira deixou bem claro que considera a energia nuclear um “direito inalienável” do seu país.
Face à recusa iraniana, os EUA e seus aliados deverão avançar para a imposição de sanções, embora enfrentem a previsível oposição da Rússia e da China, que preferem a continuação do diálogo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)