Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Milionários compram ilhas gregas em saldos

Crise faz baixar preços.
Isabel Faria 22 de Julho de 2015 às 02:15
O ator Johnny Depp pagou 4,2  milhões pela ilha de Stroggilo, no mar Egeu
O ator Johnny Depp pagou 4,2 milhões pela ilha de Stroggilo, no mar Egeu FOTO: DR e Mario Anzuoni/Reuters
A crise que afeta a Grécia está a fazer disparar um novo negócio: a venda de ilhas gregas. O milionário Warren Buffett e o ator Johnny Depp são alguns dos famosos que já aproveitaram a possibilidade de adquirir um pequeno pedaço do paraíso no Mediterrâneo a preço de saldo.

A ilha de St. Thomas, a 45 minutos de Atenas, foi esta semana adquirida por Buffett, um dos homens mais ricos do Mundo. O negócio, orçado em 15 milhões de euros, foi feito esta segunda-feira em parceria com o empresário italiano Alessandro Proto, que ali pretende construir um empreendimento imobiliário. Também o ator Johnny Depp se fez dono da ilha de Stroggilo. O protagonista de ‘Piratas das Caraíbas’ pagou 4,2 milhões de euros por 21 mil metros quadrados no Egeu.

Na cimeira europeia de 12 de junho, o PM Alexis Tsipras referiu-se em tom irónico à ideia de alienar património. "Talvez também precisem da ilha de Creta? Ou do Partenon? Talvez toda a Acrópole, não?", questionou. A piada ganha agora, no entanto, um tom mais sério, quando a Grécia se vê a braços com uma dívida de cerca de 180% do PIB e a necessidade de um novo resgate de 86 mil milhões de euros.

O país tem cerca de seis mil ilhas, entre propriedade privada e estatal. Mais de uma dezena está no mercado e, segundo o portal Business Insider, prevê-se um aumento das vendas a curto prazo. A consultora imobiliária britânica Knight Frank prevê mesmo a "liquidação" de ilhas gregas nos próximos anos: "Tendo em conta as consequências do novo resgate à Grécia, podemos esperar mais vendas abaixo do preço justo", diz um responsável.
Ver comentários