Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

PRESIDENTE DA ÁUSTRIA SOFRE ATAQUE CARDÍACO

O presidente da Áustria, Thomas Klestil, foi hospitalizado de urgência esta segunda-feira, depois de ter sofrido um ataque cardíaco na sua residência em Viena, a escassos três dias do fim do seu mandato.
5 de Julho de 2004 às 12:02
Klestil foi transportado de helicóptero para o Hospital Geral de Viena, onde permanece em estado considerado crítico. O presidente austríaco, com 71 anos de idade, desfaleceu na sua residência e foi aí reanimado por um guarda-costas.
Klestil termina o seu mandato presidencial na próxima quinta-feira, data em que está marcada uma cerimónia de transferência de poderes para o seu sucessor, o social-democrata Heinz Fischer, eleito em Abril último. O papel constitucional de um presidente na Áustria é quase simbólico, apesar de a Lei o autorizar a escolher o chanceler (chefe de governo) e a demitir qualquer governo do qual não goste. Nenhum presidente austríaco recorreu alguma vez a estas prerrogativas, mantendo-se o exercício do cargo sempre num registo discreto e sendo o chanceler nomeado pelo partido mais votado em legislativas.
Com um papel discreto, por defeito e tradição, Klestil deverá ficar lembrado no exercício de funções presidenciais pelo semblante carregado com que deu posse ao governo saído das legislativas de Fevereiro de 2000, um executivo chefiado pelo conservador Wolfgang Schuessel e que integra ministros do Partido da Liberdade, formação de extrema-direita.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)