Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Presidente deixa país sem governo

A obsessão do presidente Lula da Silva em eleger Dilma Rousseff deixou o Brasil praticamente sem governo. Depois do revés da não eleição na primeira volta, o presidente, vários ministros, governadores e deputados da coligação aliada deixaram as suas funções e dedicaram-se totalmente à campanha da candidata.
14 de Outubro de 2010 às 00:30
O chefe de Estado assumiu pessoalmente a liderança da campanha da ex-ministra Dilma Rousseff
O chefe de Estado assumiu pessoalmente a liderança da campanha da ex-ministra Dilma Rousseff FOTO: Ueslei Marcelino/Reuters

Entre os assuntos de grande importância que ficaram de lado estão o orçamento para 2011, que já deveria ter sido aprovado, o novo valor do salário mínimo, a decisão sobre a compra de jactos para a Força Aérea e a nomeação de um novo juiz para o Supremo Tribunal Federal. Lula está a comandar e a fiscalizar pessoalmente os rumos da campanha, acompanha Dilma nos comícios, grava programas de propaganda e desdobra-se em reuniões para garantir mais apoio à sua candidata.

Vários ministros viajam pelo Brasil, incluindo o titular das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, responsável pela articulação política do governo com o Congresso. Neste, ninguém aparece há muito: deputados e senadores correram para os seus estados para conseguirem votos para Dilma.

IGREJA DISTRIBUI PANFLETOS CONTRA DILMA

Depois de vários bispos terem acusado Dilma Rousseff de ser favorável ao aborto, um panfleto, pedindo aos fiéis para não votarem na candidata governamental à presidência, foi distribuído em vários santuários, onde, terça-feira, se comemorou o dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Nos santuários em Aparecida, onde fica a Basílica Nacional, no interior de São Paulo, e no de Contagem, em Minas Gerais, o panfleto foi fartamente distribuído, lembrando aos fiéis que o governo Lula, do qual então fazia parte Dilma, tentou mais de uma vez descriminar a prática do aborto e que o PT, partido do presidente e da candidata, tem essa descriminalização no seu programa.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)