Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
9

Presidente do Brasil muda discurso e passa a defender vacinas da Covid-19

Jair Bolsonaro passou a defender que vacinação em massa fará com que a "economia não deixe de funcionar".
Lusa 26 de Janeiro de 2021 às 17:15
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro FOTO: Direitos Reservados
O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, mudou esta terça-feira o tom do seu discurso sobre a pandemia, que colocava em causa a eficácia das vacinas contra a covid-19, e passou a defender que a vacinação em massa fará com que a "economia não deixe de funcionar".

"Já somos o sexto país que mais vacinou no mundo. Brevemente estaremos nos primeiros lugares, para dar mais conforto à população, segurança a todos e de modo que a nossa economia não deixe de funcionar", disse Bolsonaro num evento virtual promovido pelo banco Credit Suisse.

O chefe de Estado brasileiro, que é um dos líderes mais céticos do mundo em relação a covid-19, contradisse afirmações suas anteriores ao alegar que sempre defendeu a compra de "qualquer vacina, uma vez aprovada pela Anvisa" [Agência Nacional de Vigilância Sanitária].

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Jair Bolsonaro Covid-19 saúde chefes de estado
Ver comentários