Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Presidente russo governa seis anos

A câmara alta do Parlamento russo aprovou por unanimidade, esta segunda-feira, uma emenda à Constituição que prevê uma extensão do mandato presidencial de quatro para seis anos.
22 de Dezembro de 2008 às 13:31
O presidente russo, Dmitri Medvedev
O presidente russo, Dmitri Medvedev FOTO: d.r.

A alteração foi proposta pelo presidente russo, Dmitri Medvedev, no seu discurso anual, em Novembro, no mesmo mês em que a Duma (câmara baixa) e o Conselho da Federação já tinham apoiado a emenda referente ao mandato dos representantes da Duma de quatro para cinco anos que se tornará lei quando o chefe de Estado a assinar.

Os mais críticos do Kremlin afirmam que esta mudança faz parte de um plano para o ex-Presidente, Vladimir Putin, actual primeiro-ministro, regressar ao seu antigo cargo apesar da rejeição dos representantes do Governo. No início de Dezembro, Vladimir Putin, deu a entender que o poderia fazer quando Medvedev terminasse o seu mandato, em 2012.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)