Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Presidente sul-africano diz que violência no país foi "instigada, planeada e coordenada"

Chefe de Estado sul-africano referiu que "a Polícia está ao corrente da situação".
Lusa 16 de Julho de 2021 às 11:35
Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa
Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa FOTO: Reuters
O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, considerou hoje, à chegada à província do KwaZulu-Natal, que as ações de violência, saques e intimidação que causaram mais de uma centena de mortos foram "instigadas, planeadas e coordenadas".

"Estamos extremamente preocupados com o que aconteceu e estamos a envidar todos os esforços para lidar com a situação e é óbvio que os saques e a violência foram instigados. Foi planeada e coordenada por pessoas", disse o Presidente Ramaphosa, de visita ao centro comercial Bridge City Mal, na área de KwaMashu.

O chefe de Estado sul-africano referiu que "a Polícia está ao corrente da situação", salientando que o Governo "identificou um bom número deles".

Presidente Ramaphosa Cyril Ramaphosa KwaZulu-Natal política
Ver comentários