Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Presidente turco declara que reféns foram libertados após negociações

Turquia preocupada em participar numa coligação entre vários países para combater o Estado Islâmico.
21 de Setembro de 2014 às 15:04
"Uma troca monetária estava totalmente fora de questão", disse o presidente turco
'Uma troca monetária estava totalmente fora de questão', disse o presidente turco FOTO: Katia Christodoulou/ EPA

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, declarou este domingo que as dezenas de reféns da Turquia sequestrados pelo grupo extremista Estado Islâmico em Mossul, em junho, foram libertados no sábado na sequência de "negociações diplomáticas" e não foi pago resgate.


"Uma troca monetária estava totalmente fora de questão. Houve apenas negociações diplomáticas e políticas. É uma vitória da diplomacia", declarou Erdogan aos jornalistas no aeroporto de Ancara, antes de partir para Nova Iorque, onde participará da 69ª Assembleia Geral da ONU.


A Turquia tem estado relutante em participar da coligação de países, liderado pelos Estados Unidos, que estão a combater o EI. Entretanto, Erdogan disse que o país pode mudar de posição, agora que os reféns foram libertados.

Turquia Reféns Negociações
Ver comentários