Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
5

Preso mafioso que quer Saviano morto

Francesco Barbato, líder do clã mafioso que pôs a cabeça do escritor italiano Roberto Saviano a prémio, foi ontem capturado pela polícia nos arredores de Nápoles.

14 de Outubro de 2010 às 00:30
Barbato liderava clã que mandou matar Saviano
Barbato liderava clã que mandou matar Saviano

O líder do clã Casalesi, um dos mais sanguinários da Camorra, foi preso às primeiras horas da madrugada no seu esconderijo, na pequena localidade costeira de Aversa, na região da Campania.

Barbato, de 31 anos, assumiu as rédeas do grupo após a detenção, em Junho último, de Nicola Schiavone, herdeiro de Francesco Schiavone, o famigerado ‘Sandokan’, preso desde 1998. O mafioso, conhecido como ‘o sbirro’ (o esbirro), é acusado de dezenas de crimes, incluindo associação mafiosa e extorsão.

O clã Casalesi é parte central do aclamado livro ‘Gomorra’, de Roberto Saviano, sobre a máfia napolitana. Por essa razão, o grupo condenou Saviano à morte, obrigando o escritor a viver com protecção policial permanente. Ontem, quando foi capturado, Barbato tinha no seu esconderijo um exemplar da obra.

O ministro italiano do Interior, Roberto Maroni, considerou ontem a captura de Barbato como "um golpe duríssimo no coração da Camorra".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)