Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

PRIMEIRA DAMA DO MÉXICO IRRITA CHINA

A controversa primeira dama mexicana, Marta Sahagun, desafiou a China ao expressar publicamente, esta sexta-feira, a sua vontade em conhecer pessoalmente Dalai Lama, o líder religioso tibetano e Prémio Nobel da Paz.
24 de Setembro de 2004 às 13:53
Sahagun, mulher do Presidente do México, Vicente Fox, irá participar numa convenção internacional de fé no país, no próximo dia 4 de Outubro, para a qual foi convidado o Dalai Lama.
“Eu sou uma admiradora da espiritualidade de Dalai Lama e de todas as pessoas que sabem viver a vida e têm sentimentos profundos”, salientou Sahagun reafirmando que nada a demoverá da sua intenção em estar presente nessa cerimónia.
Marta Sahagun é famosa pelos seus discursos polémicos. Recentemente manifestou a intenção de suceder ao seu marido, nas eleições de 2006, e numa campanha de luta contra a Sida deu o seu apoio claro ao uso de preservativos.
O anúncio público de Sahagun poderá desencadear uma grave tensão com a China. Recorde-se que, ainda durante este mês, o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, pediu ao governo mexicano para não oferecer apoio político ao líder espiritual tibetano. A China invadiu o Tibete em 1959 forçando o Dalai Lama a procurar refúgio na Índia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)