Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Primeiro-ministro da Geórgia encontrado morto

O primeiro-ministro da Georgia, Zurab Zhvania, foi encontrado morto esta última madrugada na casa de um amigo, aparentemente devido a envenenamento por inalação de gás, revelou um comunicado do ministro do Interior, Vano Merabishvili.
3 de Fevereiro de 2005 às 08:59
Zurab Zhvania
Zurab Zhvania FOTO: Reuters
“Sabemos que Zhvania chegou ao apartamento do seu amigo por volta da meia-noite do dia 2 de Fevereiro. Como não atendeu o seu telemóvel por um longo período, o seu guarda-costas partiu um vidro da janela e entrou no apartamento cerca das 04h30 locais (01h30 em Lisboa)”, relatou.
A morte do primeiro-ministro da Geórgia ocorreu no apartamento do seu amigo e antigo vice-governador da região de Kvemo Kartli, Raul Yusupov, que também foi encontrado morto. Segundo precisou Merabishvili, Zhvania foi encontrado morto sentado num banco na cozinha do apartamento.
De acordo com as autoridades da Geórgia, na sala principal do apartamento havia um aquecedor de gás de fabrico iraniano, que terá sido provavelmente a causa do envenenamento.
Zhvania, de 41 anos, casado e pai de três filhos, foi nomeado para o cargo de primeiro-ministro no início de 2004, pelo presidente Mikhail Saakashvili. Foi um opositor do regime do ex-presidente Eduard Shevardnadze tendo participado activamente nos protestos que levaram à saída deste do poder após as eleições, alegadamente fraudulentas, de Novembro de 2003.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)