Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Primeiro ministro ucraniano demitiu-se

Mykola Azarov espera chegar a acordo com a oposição.
28 de Janeiro de 2014 às 08:48
Mykola Azarov, primeiro ministro ucraniano
Mykola Azarov, primeiro ministro ucraniano FOTO: Getty Images

O primeiro ministro ucraniano, Mykola Azarov, demitiu-se esta terça-feira. Azarov espera agora chegar a um acordo com os partidos da oposição e aliviar a crise que se vive há cerca de dois meses no país, onde as autoridades não conseguem parar as manifestações contra o Governo.

“Tomei a decisão pessoal de pedir ao Presidente da Ucrânia para aceitar a minha demissão do cargo de primeiro ministro com o objectivo de criar um compromisso político e resolver pacificamente os conflitos”, explicou Mykola Azarov, segundo a agência AFP.

Parlamento ucraniano aboliu leis anti-manifestação (12h50)

O parlamento ucraniano aboliu esta terça-feira, por larga maioria, as severas leis anti-manifestação, que conduziram a uma radicalização da contestação pró-europeia.

O fim desta lei - fortemente criticada pelos países ocidentais, que a viram como um atentado à liberdade - mereceu o voto favorável de 361 deputados e apenas dois votos contra. O resultado da votação foi recebido com aplausos.

A sessão foi adiada para as 14h00 GMT (mesma hora em Lisboa) e os deputados devem, em seguida, discutir a aministia dos manifestantes detidos em confrontos com a polícia.

Ucrânia Primeiro ministro ucraniano demissão Mykola Azarov acordo oposição
Ver comentários