Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Professor pedófilo abusa de 18 alunas

Os atos libidinosos ocorriam na própria sala de aula, onde separava meninas e meninos.
10 de Junho de 2013 às 01:00

Um professor do Ensino Básico de 44 anos foi preso na cidade brasileira de Goianira, no estado de Goiás, à volta de Brasília, acusado de ter abusado de pelo menos 18 alunas, entre os oito e os onze anos. A maioria das crianças já foi ouvida pela polícia e confirmou os abusos.

De acordo com o inspetor da polícia de Goianira, Vinícios Silva Costa, que conduz as investigações, o professor Ivo Barros de Bruno Júnior aproveitava os intervalos das aulas para molestar as alunas. As vítimas relataram ao inspetor que o professor mandava os meninos brincar no fundo da sala e reunia as meninas ao em redor dele. Praticava atos libidinosos e impunha-lhes o silêncio com ameaças terríveis.

Ivo Júnior foi contratado em dezembro de 2012 e, desde o início do ano, dava aulas a uma turma de 35 crianças na Escola Municipal José Luiz Bittencourt, onde os abusos aconteceram. As mães gostavam do professor, sempre muito carinhoso com as alunas. Só após a revelação do caso, perceberam os verdadeiros motivos de tanto suposto afeto.

O inspetor contou que a denúncia dos abusos partiu de uma menina. A polícia conseguiu da justiça um mandado de prisão contra o docente. Ivo Júnior nega todas as acusações.

Brasil polícia detenção pedófilo professor sexo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)