Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
3

Professor universitário entrega-se após matar aluna

Um professor que leccionava direito na universidade de Uniceub, uma das maiores universidades privadas de Brasília, foi detido acusado de ter morto a tiro uma aluna.
1 de Outubro de 2011 às 18:16
Homem não aceitou fim do relacionamento amoroso que tinha com a jovem
Homem não aceitou fim do relacionamento amoroso que tinha com a jovem FOTO: Direitos reservados

De acordo com o seu depoimento, Rendrik Vieira Rodrigues esperou Suênia Souza Farias, de 24 anos, à saída da faculdade, no Centro de Brasília. Armado, disse à polícia que seguiu o carro da vítima pela cidade, matando-a com três tiros.

Segundo a polícia, o homem levou o corpo de Suênia para uma esquadra da periferia da cidade, entregou-se às autoridades e confessou estar arrependido.
 
Rodrigues admitiu à polícia que não aceitava o fim de um relacionamento amoroso que mantinha com a jovem. Segundo um dos polícias da esquadra, o professor falou pouco durante o depoimento

Na faculdade, Rodrigues dava aulas de gestão empresarial com especialização nas áreas de direito do trabalho, gestão de negócios e direito civil. Era professor do Centro Universitário Uniceub pelo menos desde 2009.

Uniceub homicídio detenção Brasília professor polícia
Ver comentários