Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
2

Professora acusa escola católica de a despedir por se recusar a fazer aborto

Mulher foi sugerida a abortar para que a escola não tivesse de lidar com o escândalo de uma professora grávida e solteira.
Correio da Manhã 17 de Setembro de 2019 às 14:26
Ensino
Professor
Ensino
Professor
Ensino
Professor

Uma professora acusa a escola católica de Santa Teresa no Kansas, Estados Unidos, de a ter despedido em 2015 por se ter recusado fazer um aborto.

Os advogados de Michelle Bolen dizem que um padre sugeriu à mulher que fosse contra o ensino católico e abortasse para que a escola não tivesse de lidar com o escândalo de uma professora solteira e grávida. O padre terá mencionado também que "a gravidez não é o problema, as relações sexuais são".

Um porta-voz da escola disse que Bolen não foi despedida, mas sim que o contrato não foi renovado.

A professora disse que os administradores da escola católica de Santa Teresa a observavam depois de revelar a gravidez e que a diretora documentou o seu desempenho para que pudesse dar mais motivos à escola para não renovar o contrato, além da gravidez fora do casamento.

Segundo o jornal The Kansas City Star, os advogados de Michelle disseram que a diretora Carol Lenz já supervisionou 330 avaliações de desempenho em quase uma década e nunca deixou de renovar o contrato de um professor.

Os advogados representantes da escola dizem que o contrato não foi renovado devido a supostos problemas de desempenho no trabalho, como insubordinação, violação do código de ética da escola, atrasos e deixar os alunos sem assistência. Dizem que o caso não se trata da gravidez, mas sim de uma vingança da professora Michelle.

Michelle Bolen atualmente trabalha com alunos noutra escola e procura obter uma compensação monetária através do processo contra a escola católica. Os juízes vão decidir no final deste mês se a professora foi despedida injustamente.

Michelle Bolen Kansas Santa Teresa crime lei e justiça educação aborto gravidez escola católica despedimento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)