Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Professora deixa morrer criança com asma

Um menino britânico de 11 anos morreu devido a um ataque de asma, depois de uma professora o ter posto fora da sala.
19 de Março de 2010 às 19:34
Criança de 11 nos morre por falta de assistência
Criança de 11 nos morre por falta de assistência FOTO: Sérgio Lemos

Segundo avança a edição on-line, desta sexta-feira, do jornal britânico ‘Telegraph', Sam Linton foi encontrado por dois colegas, sozinho e ofegante. Isto porque a  professora tinha mandado sair o aluno da sala.

Quando uma das crianças a alertou para o ocorrido, a professora alegou que tinha mandado Sam sair porque se "encontrava numa reunião" e "ele teria de esperar".

O rapaz não foi levado imediatamente para o hospital. Ficou à espera da mãe, que só chegou no final do dia por lhe terem comunicado que o filho estava doente. Mas a criança morreu pouco depois.

O médico referiu que o aluno de 11 anos poderia ter sobrevivido se tivessem sido levado imediatamente para o hospital.

O advogado da família condenou "a absoluta falta de senso comum" que conduziu à morte de Sam Linton. "O facto de ninguém ter chamado uma ambulância é impressionante e muito problemático. Quando se manda uma criança para a escola, acredita-se que vão olhar por ela", sustentou.

A professora negou as acusações feitas pelos colegas de Sam Linton, os alunos dizem que a professora o deixou sozinho, mas foi vaga nas declarações prestadas à polícia e acabou por admitir que, se pudesse, teria feito as coisas de maneira diferente.

Ainda não foram aplicadas quaisquer medidas contra os funcionário da escola, no entanto, vão continuar a ser tomadas as diligências necessárias.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)