Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
1

Professora fere aluna menor em jogo sexual

Docente foi banida de profissão mas escapou a prisão.
28 de Novembro de 2016 às 14:54
Rumia Khusainova era professora de literatura
Rumia Khusainova era professora de literatura
Rumia Khusainova era professora de literatura

Uma professora russa de 24 anos foi banida da profissão e condenada a três anos de prisão com pena suspensa, depois de ter ferido uma aluna, de 15 anos, durante um jogo de cariz sexual.

Rumia Khusainova confessou em tribunal que mantinha uma relação sexual com a menor. Confirmou que no dia 21 de agosto as duas envolveram-se sexualmente no apartamento da professora, em Almetyevsk e que, pela manhã, teve que chamar uma ambulância após uma brincadeira sexual que correu mal.

Os paramédicos encontraram a menor com uma hemorragia vaginal e encaminharam-na de urgência para o hospital.

A jovem de 15 anos tinha lesões graves na vagina e uma rutura nos órgãos internos. A jovem foi sujeita a cirurgias e recuperou.

Durante o julgamento, o juiz considerou que Rumia "colaborou completamente" com a investigação. Em tribunal, a professora disse que a relação tinha começado dois meses antes do incidente e que a aluna ameaçou suicidar-se se terminassem o relacionamento. "Ela nunca fez nada que não quisesse e foi ela quem pediu para iniciar o jogo sexual. Disse-lhe sempre que ela conseguia arranjar namorado, mas ela afirmava que queria ficar comigo", defende a docente.

Rumia Khusainova crime lei e justiça crime crimes sexuais questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)