Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

Protestos Anti-Bush na Argentina

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, enfrenta graves problemas no seu relacionamento com as populações do hemisfério oeste do continente americano devido a inúmeros protestos na Argentina liderados pelo ex-futebolista Diego Maradona e pelo líder esquerdista venezuelano, Hugo Chavez.
4 de Novembro de 2005 às 14:24
Protestantes argentinos marcham contra o presidente norte-americano George Bush
Protestantes argentinos marcham contra o presidente norte-americano George Bush FOTO: Carlos Barria/Reuters
A tensão que se generalizou com a presença de Bush obrigou os bancos e todos os estabelecimentos comerciais da Argentina a fecharem as portas.
O presidente norte-americano chegou na tarde da passada quinta-feira à Argentina para a 4ª Cimeira das Américas em Mar del Prata, reunião que vai durar 2 dias e tem como objectivo quebrar a má imagem que os argentinos têm dos norte-americanos com a criação de mais postos de trabalho para o combate à pobreza e instituição de governos estritamente democráticos na América Latina.
Porém as negociações ainda estão num impasse, nomeadamente no que diz respeito à protecção dos agricultores brasileiros por parte dos Estados Unidos.
Ver comentários