Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo
4

Protestos de islamitas no Bangladesh matam cinco

Distúrbios iniciados na semana passada já causaram 19 vítimas.
16 de Dezembro de 2013 às 09:37
Protestos no Bangladesh
Protestos no Bangladesh FOTO: AFP/Getty Images

Cinco pessoas morreram, esta segunda-feira, no Bangladesh, na sequência de protestos pela execução de um líder islamita, o que eleva para 19 o número de vítimas dos distúrbios iniciados na semana passada, informou a polícia.

Três ativistas do partido islamita Jamaat-e-Islami morreram hoje em confrontos com as forças de ordem na região de Satkhira, disse o superintendente da polícia Chowdhury Manjurul, citado pelo diário ‘The Daily Star’.

De acordo com a mesma fonte, os confrontos entre islamitas e a polícia iniciaram-se quando as forças de ordem procuravam deter suspeitos de provocarem violência nos últimos dias. Outros dois ativistas morreram na zona de Padmasakra, também em confrontos com as autoridades locais.

Abdul Qader Mollah, de 65 anos, um dos líderes do Jamaat-e-Islami, foi executado depois de ter sido acusado de crimes de guerra praticados durante o conflito armado de 1971 que levou à criação do Estado do Bangladesh.

execução líder islamita protestos islamitas Islão Bangladesh
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)