Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundo

"Quando é que vamos enfrentar o lóbi das armas?": Biden pede ação após massacre de 18 crianças em escola

Presidente dos EUA pediu "leis e senso comum para lidar com este problema" em discurso emocionado.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt) 25 de Maio de 2022 às 03:13
A carregar o vídeo ...
"Quando é que vamos enfrentar o lóbi das armas?": Biden pede ação após massacre de 18 crianças em escola
O Presidente norte-americano, Joe Biden, falou esta terça-feira ao país após o massacre numa escola primária em Uvalde, no Texas, no qual foram assassinadas pelo menos 18 crianças e dois adultos. Biden lamentou "que tiroteios em massa não acontecem em mais lugar nenhum do mundo com a frequência que acontecem na América" e fez um pedido ao país: "Quando é que, em nome de Deus, vamos enfrentar o lóbi das armas?".

Num discurso em que se mostrou visivelmente emocionado, tendo entrado e saído da sala cabisbaixo, Joe Biden afirmou que quando se tornou Presidente não esperava ter de fazer este tipo de declarações novamente.

"Outro massacre numa escola primária do Texas. Lindas e inocentes crianças do segundo, terceiro e quarto ano. (...) Outras quantas terão testemunhado o que aconteceu! Quando crianças entram em escolas com armas de assalto, isto é um problema, isto não é normal", lamentou o presidente norte-americano, enviando condolências às famílias de todos os afetados pela tragédia, o segundo maior massacre de sempre numa escola registado nos EUA.

Joe Biden defendeu que "é altura de tornar esta dor em ação, é tempo de agir" e, por isso, pediu "leis e senso comum" para lidar do com o problema das armas nos EUA.

Ver comentários